Pedágios de SP ficam mais caros a partir desta segunda (1); veja novos preços

3 leitura mínima
Pedágios de SP ficam mais caros a partir desta segunda (1); veja novos preços

A partir desta segunda-feira (1), as tarifas de pedágio sobem até 4,4% em rodovias administradas por 16 concessionárias no Estado de São Paulo. Para os trechos da Entrevias na região norte do Estado, a cobrança só vai começar no próximo dia 6.

De acordo com a Agência de Transporte do Estado de São Paulo, os reajustes recompõem a inflação dos últimos 12 meses, de junho de 2023 a maio deste ano.

A tabela com os reajustes foi publicada no Diário Oficial do Estado no último dia 27.

A partir de hoje, os novos preços com aumento de pouco mais de 3,92% serão praticados nos pedágios da CCR Autoban, Via Colinas, Ecovias, Arteris Intervias, Renovias, CCR SPVias, CCR Viaoeste, CART, Ecopistas, CCR Rodoanel, Rodovias do Tietê, Rota das Bandeiras e SPMar, ViaRondon.

O pedágio na Tamoios terá o maior aumento, de 4,48%, enquanto o menor será nas rodovias da Tebe, de 0,33%.

As tarifas da Entrevias terão o mesmo porcentual de alta de 3,92%, mas serão cobradas só a partir do dia 6. Os porcentuais foram definidos conforme o índice de reajuste de cada contrato – IGP-M ou IPCA.

Segundo a agência, o reajuste contempla ainda a adição de R$ 0,10 nas concessionárias Autoban, Intervias, SPVias, Ecovias, Rodoanel e Entrevias, além da substituição do índice do IGP-M para o IPCA para Renovias e Colinas, com base em resolução da Secretaria de Parcerias e Investimentos. A resolução atendeu a pedidos das concessionárias que alegaram desequilíbrio econômico-financeiro nos contratos.

Valores nas principais rodovias

Na Rodovia dos Tamoios, de acesso ao litoral norte, a tarifa básica (carros) em Jambeiro passa de R$ 5,30 para R$ 5,50 e na praça de Paraibuna, de R$ 11,20 para R$ 11,70. No Sistema Anchieta-Imigrantes, acesso à Baixada Santista, o pedágio vai passar de R$ 35,80 para R$ 36,80 – a tarifa é a mais cara do estado.

No trecho mais movimentado da rodovia Castello Branco, em Osasco, o pedágio vai passar de R$ 5,60 para R$ 5,90. Já o pedágio da Anhanguera, em Perus, vai subir de R$ 12,40 para R$ 13.

O mesmo valor será cobrado no pedágio de Campo Limpo Paulista, na Bandeirantes. Na Dom Pedro I, em Igaratá, a tarifa irá de R$ 12,20 para R$ 12,70.