13/03/2023 às 15h48min - Atualizada em 14/03/2023 às 00h03min

Nos últimos anos mudou o perfil dos imigrantes brasileiros nos Estados Unidos

SALA DA NOTÍCIA Sarah Ramires Cortez - SK Comunica
Nos últimos anos, houve uma mudança no perfil do imigrante brasileiro. De acordo com pesquisas recentes, entre janeiro e novembro de 2022 o número de vistos e pedidos de residências para os Estados Unidos, feito por brasileiros com ensino superior foi o maior dos últimos 22 anos.
E essa "evasão de cérebros" continua neste ano. As razões variam entre fuga da violência, da insegurança política e econômica com a procura por melhores oportunidades de trabalho, custo de vida, educação e qualidade de vida. A estes profissionais especializados são exigidos, além das comprovações acadêmicas e vasta experiência, razões pelas quais os Estados Unidos necessitam destes “cérebros”. As áreas que mais empregam estes imigrantes qualificados são saúde, logística, engenharia, aviação e tecnologia da informação (TI).
Muitos brasileiros de alto poder aquisitivo estão investindo no mercado imobiliário do sul da Flórida e transferindo negócios, o que contribui ainda mais a vinda de famílias inteiras para uma nova vida na américa.
A advogada Ingrid Domingues McConville, com mais de 28 anos de experiência em imigração, acredita que cada vez mais os Estados Unidos vão necessitar de trabalhadores especializados e por isso o visto EB-2 NIW se tornou um dos principais caminhos migratórios para profissionais com habilidades excepcionais, porém, é um visto que exige um acompanhamento por um advogado, pois é bem minucioso em relação ao empreendimento proposto e sua importância para os Estados Unidos.
Dentre os critérios exigidos para pessoas de Capacidade Excepcional ou profissional de Grau Avançado, o mais importante é  demonstrar que é do interesse nacional que o imigrante trabalhe permanentemente nos Estados Unidos.
A solicitação de um visto de residência nos Estados Unidos é muito complexa, por isso o planejamento e execução tem que ser muito bem delineado e definido.
O Departamento de Estado dos EUA estima que, no ano fiscal de 2023, o governo americano terá 197 mil green cards de trabalho (vistos EB) disponíveis para emissão.
Quer saber mais sobre o assunto entre no   https://instagram.com/dmvisalaw?igshid=YmMyMTA2M2Y=
 * Ingrid Domingues-McConville fundou a DM VISA LAW - Domingues McConville, P.A. em 1995.  É membro da Ordem dos Advogados da Flórida desde 1995 e membro do Tribunal Distrital dos Estados Unidos, Distrito Sul da Flórida.  Ingrid obteve seu diploma de graduação em Psicologia pela Universidade de Miami em Coral Gables, Flórida e seu diploma de Direito pela Cleveland-Marshall College of Law em Cleveland, Ohio. Com 28 anos de experiência em Direito de Imigração, Ingrid representou clientes em todo os Estados Unidos e no mundo, tanto em questões de imigração empresarial quanto familiar.  Ajudou empresas e indivíduos a obterem vistos e residência permanente nos Estados Unidos. Ingrid desempenha um papel de liderança significativo na comunidade brasileira no sul da Flórida e em todos os Estados Unidos, fornecendo orientação e aconselhamento jurídicos muito necessários.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalfluminense.com.br/.