04/10/2023 às 15h07min - Atualizada em 05/10/2023 às 00h02min

Micro e pequenas empresas geram 35% do PIB de Minas Gerais

Esses negócios empregam mais de dois milhões de pessoas e geram uma massa salarial de quase R$ 30 bilhões. Em comemoração ao Dia da Micro e Pequena Empresa, celebrado nesta quinta-feira, 5, CDL/BH e Sebrae Minas reforçam o programa Transforma Minha Empresa, ferramenta gratuita de diagnóstico de fragilidades e oportunidades de melhorias

Assessoria de Imprensa
https://www.cdlbh.com.br/imprensa/micro-e-pequenas-empresas-geram-35-do-pib-de-minas-gerais/
Divulgação

Minas Gerais possui mais de dois milhões de empresas de micro e pequeno porte. Em Belo Horizonte, são 154.106. Dentre esse vasto universo de empresas ativas, os negócios do  setor de comércio e serviços lideram, sendo que das 1.313 atividades econômicas cadastradas, o comércio varejista de vestuário e acessórios é que possui mais empresas em atividade. Os dados estratificados pelo Sebrae Minas revelam a importância das micro e pequenas empresas para a economia do estado. 

 

“Minas Gerais concentra 11% das micro e pequenas empresas do Brasil. Juntas elas são responsáveis por 35% do PIB estadual, empregam mais de dois milhões de pessoas e geram uma massa salarial de R$ 27,9 bilhões. Por isso, é fundamental oferecer a essas empresas suporte e capacitação para que tenham longevidade. O encerramento desses negócios acarretaria uma grande crise econômica e alta do desemprego”, afirma o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) e do Conselho Deliberativo do Sebrae Minas, Marcelo de Souza e Silva. 

 

Auxílio aos empreendedores 

 

No Dia da Micro e Pequena Empresa, celebrado nesta quinta-feira, 5, a CDL/BH e o Sebrae Minas, reforçam a atuação do programa ‘Transforma Minha Empresa’, uma ferramenta gratuita para empresas de pequeno porte, microempresa e microempreendedor individual de Belo Horizonte e Região Metropolitana que desejam mapear suas fragilidades e oportunidades de melhorias. Para receber o diagnóstico deste mapeamento, é necessário preencher um formulário on-line, detalhando rotinas do negócio. Após essa etapa, é disponibilizado um documento que descreve os pontos de atenção positivos e negativos. O acesso ao formulário está disponível em: https://bit.ly/44KMntQ 

 

“Essa ferramenta foi criada para ajudar empresários e empreendedores do setor de comércio e serviços. Com esse diagnóstico eles poderão entender os desafios e as oportunidades de gestão, aumentar sua competitividade e exercer um olhar minucioso em seu negócio. Além disso, os participantes estarão automaticamente aptos a ingressarem nas ações futuras do ‘Transforma Minha Empresa’”, destaca Marcelo de Souza e Silva. 

 

Após o preenchimento do questionário, que contém 43 perguntas sobre finanças, controle de caixa, inadimplência, margem de lucro, redes sociais, identidade visual e gestão de pessoas, os participantes recebem, em até 15 minutos, o diagnóstico por e-mail. “Neste documento estarão sugeridos cursos e treinamentos gratuitos. Será criada uma trilha de conteúdo personalizada de acordo com a dificuldade de cada empresa. Vale destacar que este documento é confidencial e as informações serão protegidas”, explica o dirigente. Os cursos oferecidos são de curadoria do Sebrae Minas e disponibilizados de forma gratuita e on-line. 

 

Iniciativas para o crescimento e sucesso dos pequenos negócios

O programa ‘Transforma Minha Empresa’ inclui várias iniciativas para impulsionar o crescimento e o sucesso dos pequenos negócios, estimulando o empreendedorismo e contribuindo para o desenvolvimento econômico da capital mineira. 

Além das palestras, o programa prevê ainda uma série de ações pontuais, entre elas: Encontros Empresariais, Calendário Temático, e Masterclass de Vendas. A iniciativa é voltada para o desenvolvimento dos segmentos da beleza e cuidados pessoais, ótica, moda e acessórios, gastronomia, papelaria e livrarias, negócios PET e empreendedorismo feminino. Os participantes das atividades terão acesso às ferramentas para a promoção da diversidade e o intercâmbio de ideias, enriquecendo as experiências de mercado. 

“Nosso objetivo é capacitar as empresas para que se tornem mais competitivas, sustentáveis e perenes no mercado. E uma das formas de alcançar esses objetivos é por meio da implementação de iniciativas estratégicas que visam aprimorar a gestão, aumentar a eficiência operacional e promover a inserção no mercado, criando um ambiente propício para o crescimento e a prosperidade das empresas”, finaliza o presidente da CDL/BH. 


 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalfluminense.com.br/.