29/09/2023 às 16h56min - Atualizada em 30/09/2023 às 20h09min

Escola Técnica Tupy doa equipamentos e beneficia 65 idosos em Joinville

Aparelhos que auxiliam na atividade física, mobilidade e locomoção foram fabricados em sala de aula por estudantes do curso técnico em Mecânica

GRAZIELA LINDNER
www.ett.com.br
Divulgação ETT
Preparar os profissionais para o mundo do trabalho vai muito além de ensinar conceitos técnicos. Na Escola Técnica Tupy, em Joinville – instituição que integra o ecossistema UniSociesc –, o aprendizado mão na massa ajuda a desenvolver a empatia, o exercício da cidadania e a responsabilidade social.

Às vésperas do Dia do Idoso, comemorado em 1º de outubro, os estudantes do curso técnico em Mecânica da ETT mostraram como a educação é capaz de transformar o mundo. Depois de projetar e fabricar equipamentos para auxiliar na locomoção, mobilidade e atividade física de idosos, eles escolheram quatro instituições de Joinville para doar os aparelhos.

A atividade interdisciplinar realizada nas aulas de Manufatura, Manutenção e Projetos foi capitaneada pelo professor Charles Schlüter, técnico mecânico formado na própria escola e bacharel em Ciências da Computação com especialização em Tecnologia da Usinagem pela UniSociesc. “Além de exercitar o conhecimento técnico, a iniciativa fez com que os estudantes praticassem a empatia e o zelo pelas pessoas de idade avançada”, diz o professor.

A doação feita pela Escola Técnica Tupy vai beneficiar 65 idosos de Joinville. O Lar São Miguel, no bairro Comasa, recebeu um step. O simulador de degraus ajuda na resistência, fortalecimento do sistema cardiovascular e condicionamento físico.

Segundo a técnica de Enfermagem do local, Claudete Antunes, o aparelho será utilizado às segundas e às quintas-feiras, em atividades supervisionadas por um profissional de educação física. “Todos estavam ansiosos e ficaram extremamente felizes com a novidade. Pelo menos 13 idosos terão condições de fazer os exercícios utilizando o equipamento doado pelos estudantes. Somos gratos à ETT”, diz.

Além do Lar São Miguel, instituições do bairro Anita Garibaldi também foram beneficiadas. O Lar de Idosos Anni Büst recebeu um aparelho remador, ideal para o fortalecimento muscular de braços, pernas e costas.
O Lar Cantinho da Oma ganhou um guincho hidráulico para a movimentação de idosos acamados. Já o Centro Geriátrico Blumengart tem agora uma bicicleta ergométrica. O equipamento fortalece os membros inferiores e melhora a função cardiorrespiratória.

De acordo com o professor Charles Schlüter, a escolha dos lares foi baseada na necessidade real das instituições. “Já no início do projeto os alunos decidiram pela doação a lares de idosos sem recursos para comprar aparelhos como esses.”

Engajamento e parceria
Para desenvolver o projeto, os estudantes da ETT contaram com o suporte do coordenador da escola, professor Jeferson Marcelo da Silva. Durante as atividades em sala tiveram a orientação dos professores Charles Schlüter, Talita Schmitt e Ricardo Jacobi.

Parceira da ETT, a Tecnoiso apoiou a iniciativa dos estudantes doando matéria-prima e fazendo a pintura dos equipamentos. Nas estregas, cedeu um caminhão e a mão de obra para o embarque e o desembarque.

A doutora em Ciências e diretora da UniSociesc/ETT, Cinthia Tamara Vieira Rocha, diz que a iniciativa está em total sinergia com as premissas da instituição. “Preparar os jovens para o mundo do trabalho é muito mais do que ensinar conceitos técnicos. É usar a criatividade, o empreendedorismo e o aprendizado mão na massa para desenvolver habilidades sociais, respeito e atenção à comunidade onde estamos inseridos.”

Experiência enriquecedora
O estudante André Iathan Alves Cabral participou da fabricação do guincho hidráulico para acamados. “Foi uma experiência excelente para aprimorar o que aprendemos em sala de aula e, em especial, pela oportunidade de desenvolver um equipamento para pessoas que realmente necessitam de ajuda para se movimentar.”

Integrante da equipe que fabricou o step, Nicolas Felipe Damasia classifica a experiência como “surreal” e diz que os colegas aceitaram com entusiasmo o desafio proposto pelos professores. “A sensação de fazer algo para ajudar o próximo é incrível, principalmente porque sabemos da dificuldade que os idosos têm para se movimentar. Fazer a diferença é gratificante.”

Egresso do curso técnico em Mecânica e atualmente matriculado no curso de Eletrotécnica, Bruno Alves participou da montagem do simulador de remo. “Trabalho há mais de dez anos como mecânico e senti a necessidade de fazer um curso técnico. A formação agregou muito à minha rotina, ao meu desempenho profissional e ao meu currículo.”

O desenvolvimento do projeto ajudou não apenas aos idosos, mas melhorou habilidades de comunicação, trabalho em equipe e outras competências essenciais aos profissionais técnicos.

“Os professores são extremamente competentes, dispostos a compartilhar conhecimento e a nos incentivar na superação de desafios. Inicialmente, pensamos em fazer um equipamento mais simples, mas, por fim, optamos pela complexidade e ousadia na fabricação do simulador de remo. Foram dias e noites dedicados ao projeto, com um resultado extraordinário”, conta Bruno.

Divididos em equipes, os estudantes trabalharam em todas as etapas do projeto, confecção, teste e ajustes. Tudo feito no horário das aulas, no Complexo de Engenharias da ETT/UniSociesc no Campus Anita Garibaldi. “Foi uma experiência extremamente rica e gratificante. É uma honra ver os estudantes envolvidos, dedicados e trabalhando unidos em um projeto desta magnitude”, avalia o professor.

SOBRE A ETT
Fundada em 1959, a Escola Técnica Tupy se dedica a formar e a transformar pessoas, desenvolver talentos e competências, preparar profissionais para as inovações do mercado e potencializar carreiras.

Instalada em Joinville (SC), faz parte da UniSociesc – instituição de ensino superior que integra a Ânima Educação, um dos maiores ecossistemas educacionais do país – e oferece aos alunos a infraestrutura do melhor centro universitário do Brasil.

Com certificações reconhecidas pelo mercado de trabalho, a ETT mantém parcerias com empresas locais para aumentar as oportunidades de estágio. No portfólio de cursos, oferta opções em diferentes áreas do conhecimento.

Considerada uma referência no ensino técnico nacional, a Escola Técnica Tupy tem estrutura moderna e bem equipada para práticas laboratoriais, ambientes maker inovadores e processos educacionais que unem teoria e prática, estimulando o exercício da liderança e o desenvolvimento de habilidades técnicas e de soft skills necessárias ao excelente desempenho profissional.

Assessoria de imprensa ETT
Graziela Lindner
(47) 99176-0080




 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalfluminense.com.br/.