06/09/2023 às 15h37min - Atualizada em 09/09/2023 às 00h00min

Mais de 90% dos brasileiros temem roubos a residências, aponta Verisure

Estudo apresenta mostra a percepção dos consumidores sobre o mercado e setor de segurança

Letícia Baie
Freepik

Levantamento encomendado pela Verisure, referência em alarmes monitorados na Europa e no Brasil, aponta que 88% dos brasileiros possuem medo de roubos a residências. O estudo, realizado pela Kantar durante o primeiro semestre de 2023, mostra uma estabilidade no alto nível de preocupação em relação ao último semestre de 2022, em que 93% dos entrevistados responderam afirmativamente.

Essa estabilidade vai de encontro com a baixa nos números de roubos a estabelecimentos registrados pelos órgãos de segurança pública em 2022. De acordo com o último Anuário Brasileiro de Segurança Pública, a taxa de roubos a comércios caiu 15,6%, enquanto as residências contaram com uma queda de 13,3% no último ano.

A pesquisa da Verisure mostra também quais são os principais recursos considerados pelos brasileiros quando se trata de segurança doméstica. Entre as principais respostas estavam barreiras físicas e seguros residenciais (40%), câmeras (26%), alarmes (20%) e reforçar portas e fechaduras (5%). Os 9% restantes não souberam responder.

As respostas demonstram uma confusão ainda muito comum entre um sistema de proteção completo, que integra equipamentos com um serviço de monitoramento profissional, e itens de segurança que não contam com apoio especializado e dependem do próprio cliente para monitorar o local.

“Controle e proteção não são a mesma coisa: ainda que uma casa protegida seja controlada, uma casa é controlada não está necessariamente protegida. Uma câmara de vigilância tem uma importância inegável, mas apenas quando integrada a um sistema completo”, explica Henrique Dal Bo Chimara, Diretor de Operações da Verisure. “O diferencial de um sistema de monitoramento está em contar com uma Central de Monitoramento 24 horas, capaz de identificar uma invasão e acionar um órgão de segurança em tempo real”.

Já quando perguntados sobre quais equipamentos de segurança planejam comprar nos próximos 12 meses para a residência, 25% dos brasileiros desejam alarmes monitorados. Outros produtos como smart locks e vídeo-campainha também aparecem na pesquisa como itens desejados.

Mais de 5.000 invasões ocorridas em 2023

De janeiro até a primeira quinzena de agosto, foram registradas 5.522 invasões a estabelecimentos no Brasil pelo Barômetro da Verisure. Destes, 78,29% foram a comércios e 21,71% a residências. O dia com maior incidência é a segunda-feira, sendo o período da madrugada o de maior atenção para as lojas e o da tarde para casas. 

Sobre o levantamento

O estudo da Verisure foi realizado com mais de 1.500 entrevistados pela Kantar nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Salvador, Campinas, Distrito Federal e Recife. A pesquisa acontece semestralmente há 4 anos e busca entender a percepção dos consumidores sobre o mercado de segurança.

Sobre o Barômetro

Utilizado como ferramenta de otimização para a área de operações da companhia, o Barômetro auxilia na compilação de dados sobre os dias e horários em que a central receptora de alarmes recebe mais alertas de invasão em clientes nas cidades em que atua. 


Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalfluminense.com.br/.