06/09/2023 às 19h10min - Atualizada em 07/09/2023 às 00h04min

Indicadores da project44 mostram piora na situação do transporte pelo Canal do Panamá

Tempo de espera para passagem aumenta e restrições continuam em meio a seca severa na região da hidrovia

2PRÓ
www.project44.com
Imagem de Monica Volpin por Pixabay

project44, líder em soluções de visibilidade avançada para a cadeia de suprimentos, acaba de divulgar nova atualização sobre o transporte de cargas pelo Canal do Panamá. A região da hidrovia permanece sob condições de seca prolongada, o que motivou a ampliação, por mais 10 meses, das restrições impostas anteriormente à capacidade de carga e à profundidade do calado dos navios.

O número de embarcações que transitam diariamente pela hidrovia caiu de aproximadamente 36 para 32. Além disso, as embarcações autorizadas a navegar agora devem respeitar um limite de calado (parte submersa do casco) de 13,4 metros, abaixo do limite anterior de 15,2 metros.

Dados apurados pela project44 indicam um aumento no tempo de travessia da hidrovia panamenha. As transportadoras com viagens agendadas pelo canal, conforme recomendado pelos administradores, têm sido menos impactadas do que outras.

Os prazos médios de entrega, com base no dia de saída, indicam um aumento recente nos tempos de espera médio e máximo. Em diversos dias da semana de 28 de agosto, a espera excedeu quatro dias -- um aumento de 100% em comparação com o índice típico de dois dias.

A capacidade de TEUs (medida equivalente ao volume de um contêiner padrão de 20 pés) transitando pelo canal também apresenta sinais preocupantes. Ela vem caindo consecutivamente, tendo recuado em 370 mil TEUs nas duas últimas semanas de agosto (de 1,77 milhão de TEUs para 1,40 milhão de TEUs).

A redução pode trazer impactos negativos para os estoques de indústrias e varejistas ante a aproximação das festas de final de ano. Se a tendência de queda persistir, é provável que expedidores reavaliem a escolha de rotas e portos para consolidar estoques.

Mais informações e gráficos podem ser acessados neste link.


Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalfluminense.com.br/.