04/09/2023 às 15h35min - Atualizada em 05/09/2023 às 00h01min

Primeira edição do Sea Beyond Tech detalha diferenciais da alga marinha Ascophyllum nodosum para bioestimulação das plantas

Sea Beyond Tech é um seleto grupo com 20 consultores técnicos focados em biossoluções e produção sustentável e regenerativa na América Latina

Fernanda de Souza Martins
Crédito - Divulgação
Pesquisa e desenvolvimento sempre foram uma característica da empresa Acadian Plant Health (APH). Com mais de 40 anos no mercado mundial de bioestimulantes à base de Ascophyllum nodosum e mais de 6 mil publicações científicas em todo o mundo, a companhia lançou o Sea Beyond Tech, um seleto grupo com 20 consultores técnicos focados em biossoluções e produção sustentável e regenerativa na América Latina. A primeira reunião do projeto aconteceu em Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, no mês de agosto.
“Nosso objetivo é criar uma comunidade focada em produtividade e sustentabilidade por meio de soluções a base de Ascophyllum nodosum, para dar a mais pessoas a oportunidade de conhecer a ciência da APH, bem como reforçar e ampliar o conhecimento sobre como a alga marinha pode contribuir, por isso foi importante reunir essa comunidade de pesquisadores para participar de conversas relevantes para a região da América Latina-Sul”, explica Gustavo Gonella, diretor de marketing da APH no Brasil.
De acordo com Samir Filho, coordenador de desenvolvimento de mercado da Acadian no Brasil, um dos pilares da APH é o trabalho em equipe. “Por isso, gostamos de proporcionar àqueles que colaboram conosco a oportunidade de conhecer os resultados de outras regiões e países, pois sentimos que, assim como nos enriquece, pode proporcionar a eles oportunidades interessantes no futuro. Sabemos que o mercado pede mais soluções sustentáveis. É isso que oferecemos com uma tecnologia totalmente renovável e limpa que garante resultados altamente satisfatórios. O Sea Beyond Tech inicia essa caminhada de apresentação e fortalecimento da APH como solução para as diversas culturas agrícolas.”
Durante o evento foram apresentadas a história da APH, o rebranding da marca, os principais diferenciais da tecnologia dos extratos, além de uma visão geral do mercado sul-americano e todo o investimento em pesquisa e desenvolvimento realizado pela empresa.
"Ao decidir expandir nossos negócios na América do Sul, planejamos criar um grupo de discussão sobre tecnologia para bioativação de plantas. A proposta central é mostrar as características e diferenças da alga marinha Ascophyllum nodosum. Foi assim que nasceu o projeto Sea Beyond Tech. Reunimos importantes formadores de opinião, todos técnicos, para uma rodada de debates sobre bioativação e sustentabilidade na agricultura", finaliza Gustavo Gonella.
Sobre a Acadian Plant Health
A Acadian Plant Health (APH), fundada em 1981 no Canadá, é a maior empresa independente de colheita, cultivo e extração de plantas marinhas do mundo, além de líder internacional em soluções biológicas sustentáveis baseadas em ciência para cultivos de alto valor, bem como para cultivos em larga escala. A empresa está comprometida com o desenvolvimento de produtos inovadores patenteados, com foco em sustentabilidade e agricultura regenerativa. Com atuação em mais de 80 países e cerca de 400 colaboradores no mundo, a APH se dedica a pesquisas com Ascophyllum nodosum, alga marinha que deu origem a seus bioestimulantes. Para saber mais acesse:  www.acadianplanthealth-latam.com
 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalfluminense.com.br/.