01/09/2023 às 09h24min - Atualizada em 04/09/2023 às 00h03min

Esporte e Educação são a receita para resgatar o direito de sonhar

Projeto social da ABDA contribui para melhoria nos dados da segurança pública em Bauru

Sheila Teixeira Junqueira
https://abdabauru.com.br/projetosocial-melhoria-seguranca-bauru
Donato Fidelis/ABDA

Monitoramento da Secretaria de Segurança Pública (SSP-SP), divulgado no começo de agosto pelo Jornal da Cidade, aponta redução acentuada em todas as taxas de delitos nas últimas duas décadas, em Bauru (SP), município onde a Associação Bauruense de Desportes Aquáticos (ABDA), projeto social filantrópico, atua desde 2010, aliando esporte e educação com objetivo de proporcionar um futuro digno para crianças e adolescentes.

Os dados da SSP mostram melhoria em vários aspectos da segurança de Bauru. Em 2012, por exemplo, eram registrados, em média, 309,07 roubos por 100 mil habitantes na cidade. Esse dado caiu para 122,04 em 2022. Uma redução de mais de 60%. Também houve diminuição nas taxas de homicídios e furtos na década (veja quadro).

Embora não seja possível mensurar o impacto direto nos dados ou percentual de importância de trabalhos como o desenvolvido pela ABDA, é fácil notar que o período de melhoria na segurança coincide com o de atuação da instituição, o maior projeto social de Bauru.

“Desde a criação da ABDA, em 2010, nosso objetivo é dar uma ocupação para as crianças. Oferecer a elas esporte de qualidade, acesso à educação, boas companhias, bons exemplos. Evitar que elas tenham ídolos da criminalidade. Atendemos hoje mais de 3.300 crianças e adolescentes que aprendem a ter disciplina e comprometimento. Essas crianças transformam não somente a si mesmas, mas transformam a família, a vizinhança, um bairro todo”, explica o empresário Cláudio Zopone, fundador e mantenedor da ABDA.

Desde sua fundação até agora, a ABDA já encaminhou mais de 18 mil crianças e adolescentes em Bauru. “A função da ABDA é resgatar o direito da criança de sonhar, acreditar em si mesma e no futuro. Assim ela terá respeito ao próximo, ao seu corpo, a sua mente, tornando-se capaz de atingir plenamente os seus sonhos. É isso que reflete no maravilhoso ambiente da nossa cidade que respira esporte, educação e família”, afirma.

Apesar da renda familiar não ser requisito para ingressar no projeto, 95% dos atendidos são de baixa renda, sendo que 12,47% dos cadastrados possuem renda familiar de R$ 0 a R$ 1.000; 33,22%, de R$ 1.000,01 a R$ 2.000; e 23,01%, de R$ 2.000,01 a R$ 3.000 (veja quadro). “Atuamos com a parte mais vulnerável da sociedade. Ficamos alegres com os dados divulgados pela SSP, pois acreditamos que a ABDA vem contribuindo com o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, junto com outras ações implementadas em nossa cidade.”

Parceria com a PM – Um dos centros de treinamentos utilizados em Bauru é a Associação Desportiva Polícia Militar (ADPM), uma parceira que vai muito além da piscina. A unidade da ABDA no Geisel contribuiu para a aproximação da corporação com a comunidade local.

Para o Tenente-coronel Paulo Cesar Valentim, comandante do 4.º Batalhão de Polícia Militar do Interior (4.º BPM-I) de Bauru, a contribuição da ABDA é uma realidade. “Mesmo não sendo possível mensurar em números, podemos sentir isso no dia a dia da Corporação. O trabalho social que a ABDA faz colabora com o trabalho da Polícia Militar, pois atua de maneira preventiva, distanciando as crianças da criminalidade, dos maus exemplos”, pontua o comandante.

O Secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo Guilherme Derrite esteve nesta quinta-feira (31/8) em Bauru e visitou a ABDA, que ele já conhecia na época em que era deputado federal. O secretário comentou sobre a atuação da associação e a contribuição para os importantes dados de Bauru.

“É uma grande honra ter colaborado com o trabalho da ABDA por se tratar de um projeto que estimula o ingresso ao esporte, grande fator de combate à criminalidade. O jovem que vive o esporte tem as chances de ingresso para a vida delituosa diminuídas consideravelmente, uma vez que a atividade o leva para o caminho correto. Portanto, projetos como esse são fundamentais na nossa luta pela segurança pública.”

Da esq. para dir.: Vinícius Marques, Alexandre Zwicker, secretário Guilherme Derrite, Cláudio Zopone, prefeita Suellen Rosim, delegado geral da Polícia Civil Artur Dian, vereador Junior Rodrigues, Tenente-Coronel Fábio, 2º Tenente Luan Barbieri, delegado do Deinter 4 Ricardo Martines, vereador Coronel Meira, Tenente-Coronel Valentim

Oportunidades - A entidade, que começou apenas com aulas de polo aquático, hoje também oferece natação, paranatação, atletismo, atletismo ACD e música. Além de aulas de reforço escolar, inglês, letramento digital com informática básica e robótica infantil. “As nossas aulas de letramento digital tiveram início neste mês de agosto e já são um sucesso, graças a parceria com o SESI, outra importante entidade para nossas crianças, e o apoio financeiro da empresa American Tower. As crianças têm sede de aprender. Só precisamos dar a elas a oportunidade”, afirma o empresário bauruense.

Celeiro de campeões - Ao longo dos anos, os atletas da ABDA atingiram o alto rendimento esportivo e, hoje, são campeões em suas modalidades, tendo dezenas de convocados para seleção brasileira, desde as categorias de base até equipe adulta.

Na educação, a ABDA também forma campeões. Desde 2012, a entidade oferece bolsas de estudo aos atletas que se destacam não somente no esporte, mas principalmente em comprometimento, comportamento e dedicação. Atualmente, são 112 mantidos bolsistas, sendo 63 universitários. Os primeiros frutos começam a surgir com inúmeros atletas graduados, trabalhando em suas áreas de formação. A grande maioria deles são a primeira graduação na família.

O projeto oferece aos atletas de rendimento equipe multidisciplinar com médica, nutricionistas, fisioterapeutas, psicólogas e assistente social. Disponibiliza ainda a todos os integrantes, mediante agendamento, atendimento odontológico e avaliação oftalmológica gratuitos, realizados por profissionais voluntários. Se necessário, fornece óculos gratuitos, por meio de parceria com a loja Gold Silver e a Prefeitura Municipal de Bauru. Para os pais e responsáveis, uma parceria com a Unisagrado, oferece periodicamente cursos de culinária nutritiva.

Ampliando fronteiras - Desde 2021, graças a parceira com a Prefeitura Municipal de Pederneiras, a ABDA abriu uma unidade na cidade vizinha de Bauru. O Centro de Lazer “Camel Al-Haj” foi reformado pela ABDA e o custeio mensal da unidade é de responsabilidade da Prefeitura. A ABDA oferece coordenação e metodologia aos professores que ensinam natação e polo aquático para cerca de 500 crianças no local.

“Toda forma de educar as crianças e tirá-las da rua é uma forma de reduzir a violência, promover educação, bem-estar e bons hábitos. O trabalho social traz mudanças nítidas na sociedade”, ressalta a prefeita de Pederneiras Ivana Camarinha, que já sente reflexos no trabalho na cidade.

“A ABDA é mais que um projeto, é um empreendimento social, com o claro objetivo de fornecer condições para que nossas crianças e adolescentes realizem seus sonhos e aspirações em sua plenitude. Sendo que esse tópico aqui apresentado é apenas um dos índices entre outros inúmeros que corroboram para a certeza de que Educação e Esporte andam de mãos dadas”, finaliza Cláudio Zopone.

A ABDA conta com o auxílio de seus parceiros: Zopone Engenharia e Comércio LTDA., Z-Incorporações, Lei de Incentivo ao Esporte, Ministério da Cidadania - Secretaria Especial do Esporte, Governo do Estado de São Paulo - Secretaria de Esportes, Elo, Unimed Bauru, Semel e Comitê Brasileiro de Clubes (CBC).


Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalfluminense.com.br/.