02/09/2023 às 10h17min - Atualizada em 03/09/2023 às 00h00min

Por dentro do tatuzão norte: máquina gigante tem refeitório, enfermaria e 52 pessoas

Veja as diferenças entre as tuneladoras de SP e que escavam sob ruas e avenidas; cerca de dez quilômetros escavados, contemplando dez estações

Governo do Estado de São Paulo
https://www.saopaulo.sp.gov.br/ultimas-noticias/linha-6-laranja-obras-do-tatuzao-norte-avancam-rumo-a-estacao-brasilandia-2/
DownloadGoverno do Estado de São Paulo
Ao todo, serão aproximadamente dez quilômetros escavados sob ruas e avenidas, contemplando dez estações

Pesando cerca de 2 mil toneladas e com 108 metros de extensão, o Tatuzão Norte já escavou mais de 1 km de rocha, a 44 metros de profundidade rumo à estação Brasilândia, uma das pontas da Linha 6, que está sendo construída pela concessionária Linha Uni. A máquina gigante é operada por 52 funcionários, trabalhando em três turnos. Entre os diversos profissionais envolvidos na operação e logística da tuneladora, estão engenheiros, operadores, técnicos de manutenção mecânica e elétrica, agrimensores, colaboradores de maquinaria e responsáveis de saúde e segurança.

Em seu interior, o tatuzão abriga uma enfermaria para primeiros socorros, um refeitório para os funcionários e cabines de operação e controle, além de uma área de armazenagem e manutenção de peças.

Já o Tatuzão Sul, batizado de Maria Leopoldina, chegou à estação Sesc-Pompéia no final de maio, a terceira parada no caminho da tuneladora. A máquina partiu do VSE Tietê, local onde foi montada, e vai escavar até a estação São Joaquim, na região central.

Ao todo, serão aproximadamente dez quilômetros escavados sob ruas e avenidas, contemplando dez estações.

O Tatuzão Norte, por sua vez, partiu de um ponto localizado próximo ao VSE Tietê e seguirá até a estação Brasilândia, percorrendo aproximadamente 4,3 km.

Embora tenha sido fabricado pela mesma empresa e possua muitas semelhanças com seu “irmão” especializado na escavação de solo, o Tatuzão Norte foi concebido para escavar os túneis em rocha.

Assim, a roda de corte do Tatuzão Norte é feita com materiais diferentes devido à rigidez das rochas. A produtividade da escavação rumo à Brasilândia também é um pouco menor, com média diária de nove metros de avanço.

O post Por dentro do tatuzão norte: máquina gigante tem refeitório, enfermaria e 52 pessoas apareceu primeiro em Governo do Estado de São Paulo.



Fonte: www.saopaulo.sp.gov.br

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalfluminense.com.br/.