02/09/2023 às 09h01min - Atualizada em 03/09/2023 às 00h00min

Linha 6-Laranja: obras do Tatuzão Norte avançam rumo à estação Brasilândia

Na última quarta-feira (30), a tuneladora chegou na futura estação João Paulo I, após passar pela parada que será construída na Freguesia do Ó

Governo do Estado de São Paulo
https://www.saopaulo.sp.gov.br/ultimas-noticias/linha-6-laranja-obras-do-tatuzao-norte-avancam-rumo-a-estacao-brasilandia/
DownloadGoverno do Estado de São Paulo
A obra conta com dois tatuzões em operação, escavando em direções opostas

As obras da futura Linha 6-Laranja de metrô, que ligará o centro à zona norte da capital, seguem a todo vapor. Na quarta-feira (30), o Tatuzão Norte chegou na futura estação João Paulo I, após passar pela parada que será construída na Freguesia do Ó. Agora, destino final da máquina será a estação Brasilândia, uma das pontas da Linha 6, que está sendo construída pela concessionária Linha Uni.

O empreendimento conta com dois tatuzões em operação, escavando em direções opostas. Enquanto a tuneladora norte escava até a estação Brasilândia, o tatuzão sul, batizado de Maria Leopoldina, vai até a estação São Joaquim, a outra ponta da futura linha na região central.

Iniciadas em dezembro de 2021, as escavações só terminam quando os tatuzões completarem os mais de 15 km de trechos que vão formar o ramal.

Pesando cerca de 2 mil toneladas e com 108 metros de extensão, o Tatuzão Norte já escavou mais de 1 km de rocha, a 44 metros de profundidade.

A velocidade média de escavação neste tipo de terreno varia de 6 a 14 milímetros por minuto. Considerando as pausas para manutenção, a gigante máquina consegue avançar aproximadamente nove metros por dia.

Conforme o tatuzão escava o túnel de 10,61 metros de diâmetro externo, por meio da roda de corte localizada na extremidade frontal do equipamento, os trabalhadores instalam os segmentos pré-moldados conhecidos por aduelas, que servirão de revestimento da passagem da futura linha.

Todo o material escavado pela máquina é escoado por meio de uma esteira gigante, conhecida por correia transportadora, que despeja os resíduos em uma bacia de contenção localizada no VSE Tietê. De lá, o entulho é transportado por caminhões basculantes até a destinação final, em pontos conhecidos como bota-fora.

Expansão da Linha 2-Verde

Até o final do ano, as obras de expansão da Linha 2-Verde também passarão a contar com os trabalhos de uma nova tuneladora. As escavações passarão pelo trecho que vai cruzar a zona leste da capital da Vila Prudente à Penha, com oito novas estações.

Em junho, as partes que compõem a gigante máquina de fabricação chinesa, batizada de Cora Coralina, começaram a ser transportadas do Porto de Santos até o canteiro de obras na capital. Somente na primeira etapa do transporte, foram utilizadas quatro carretas, cada uma com 42 metros de comprimento.

O post Linha 6-Laranja: obras do Tatuzão Norte avançam rumo à estação Brasilândia apareceu primeiro em Governo do Estado de São Paulo.



Fonte: www.saopaulo.sp.gov.br

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalfluminense.com.br/.