31/08/2023 às 11h07min - Atualizada em 02/09/2023 às 00h02min

5 dicas de boas práticas para operadores logísticos na gestão de delivery

COO da Levo, Murilo Campos, aponta fundamentos que ajudam a potencializar esses players a atuar com maior eficiência no mercado

Jéssica Santos
divulgação

A gestão eficiente é hoje um dos principais desafios para os operadores logísticos (OLs). Acompanhar o ritmo acelerado das demandas, o volume cada vez maior de entregas e a agilidade exigida por parte dos consumidores acabam criando um cenário rigoroso e complexo para as empresas do setor. 

Além desses fatores primordiais, Murilo Campos, COO da Levo, companhia que fornece a principal solução de gestão operacional e financeira para OLs no Brasil, destaca como a falta de recursos, sobretudo na questão tecnológica, também tem sido um agravante na hora de realizar uma gestão competente. 

“Atualmente, a grande maioria dos operadores logísticos ainda enfrentam a carência de investimentos na tecnologia para a gestão. Esse fato dificulta a otimização e automação dos processos, além de comprometer a eficiência operacional e a assertividade nas tomadas de decisões por parte dos gestores desses players”, avalia o empreendedor. 

Diante desse contexto, o especialista listou 5 dicas visando não só potencializar os processos logísticos, mas também promover a redução de gastos e a aceleração do tempo de entrega por parte dos OLs. Confira, a seguir: 

Tenha uma equipe operacional eficiente

Segundo o especialista, o primeiro passo para a construção de uma gestão eficiente passa pela construção de uma equipe qualificada e engajada neste processo. Vale ressaltar que, além da capacitação dos profissionais, oferecer as ferramentas e dados necessários são fatores essenciais para permitir que as tomadas de decisões da equipe sejam realmente assertivas. 

Conte com um líder que inspira

Se contar com um grupo de talentos é importante, ter um líder que saiba direcionar os esforços por um caminho estável é tão, ou até mais, importante quanto. Por isso, é preciso que o gestor esteja preparado para extrair os melhores resultados de seu time. Com isso, as chances da equipe entregar um bom nível de serviço para os seus parceiros aumenta de forma considerável.

Esteja amparado juridicamente 

Uma gestão eficiente passa por temáticas que vão além da questão operacional. Um bom exemplo disso é o aspecto jurídico, que é um dos mais sensíveis dentro do setor. Dispor de uma assessoria é de extrema importância, uma vez que ela pode oferecer uma perspectiva mais técnica e fornecer orientações para mitigar o passivo trabalhista.

Não se esqueça da gestão financeira 

Seguindo a mesma linha de pensamento, possuir uma equipe que acompanhe diariamente os números e monitore os indicadores-chave de desempenho (KPIs) relacionados às finanças também é fundamental. Até porque, somente assim será possível realizar escolhas embasadas e efetivas para garantir o sucesso e a estabilidade do negócio.

Olhe para cultura e engajamento do time

Por último, mas não menos importante, contar com uma cultura bem definida é essencial no setor. É por meio dela que os colaboradores entendem o propósito e os pilares da empresa. Uma cultura organizacional forte e positiva ajuda a construir um impacto significativo em todo o ambiente de trabalho, beneficiando na satisfação dos funcionários, na produtividade, na retenção de talentos e até mesmo no sucesso financeiro dos OLs.


 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalfluminense.com.br/.