16/08/2023 às 11h30min - Atualizada em 17/08/2023 às 00h04min

Estados Unidos – A Ciência e a Tecnologia

George Robert’s que vive nos Estados Unidos há mais de 20 anos conta como funciona na terra do Tio Sam.

Samantha di Khali Comunica
George Robert’s
A tecnologia vem tomando conta dos consultórios médicos e não mais só das salas de cirurgias, isso vem sendo hábito comum no Brasil. E nos Estados Unidos também é assim? O jornalista e apresentador George Robert’s que vive nos Estados Unidos há mais de 20 anos conta como funciona na terra do Tio Sam.
Meu ponto de vista em relação à ciência e a tecnologia que acabam se distanciando a cada dia. Hoje quando precisamos ir ao médico parece que o computador diagnostica todos nossos problemas sem que o médico precise tocar na gente. Falo sobre isso porque de seis em seis meses vou fazer meu “Check up” e o último que fiz a uma semana atrás, me levou a refletir sobre como os médicos nos Estados Unidos têm um determinado receio de tocar em seus pacientes. E ao conversar com outras pessoas, pude perceber que não foi somente comigo. Muitos passam pela experiência da dor e não têm o toque do médico. Tomei a liberdade de perguntar ao meu médico: “Doutor, como um computador pode diagnosticar o que tenho? Eu preciso que o senhor toque no lugar onde sinto a dor para remediar o problema”. A resposta do médico foi: “Preciso que você assine um termo concordando que posso tocar em você e assim terei que ter uma enfermeira acompanhando toda a consulta, para evitar algum processo contra minha pessoa”.
Isso já aconteceu com você? Pois agora é assim... As pessoas acham que a todo momento estão sendo abusadas e a medicina acaba se distanciando do paciente. Aqui nos Estados Unidos, parece que a situação tomou um caminho completamente “Absurdo”. Ao relatar o que sente tudo é documentado no computador e é pedido “exame de sangue” e “Raio X” de onde a dor está, o médico analisa os exames e te dá um diagnóstico. Claro que cada caso é diferente, mas conversando com outras pessoas, o relato foi muito parecido com o que estou contando.
Parece que a tecnologia está à frente de tudo. Bom, é muito importante termos informações necessárias para maiores cuidados com nosso corpo e compreender o que é importante ou não em uma visita médica. Bom, esse relato é somente para analisarmos, que no momento o “mundo” está muito sensível a tudo. O que é abusivo? O que, não é? É importante ter alguém nos acompanhando em uma consulta médica? A tecnologia de hoje está sendo usada de forma adequada? Novamente vou tocar em pontos importantes, a “EDUCAÇÃO”, o estudo, a leitura, o esclarecimento em relação à diversos assuntos, é o que faz o ser humano mais livre.
Conheça mais sobre o jornalista e apresentador: Entrevistas inéditas no Canal do Youtube George Robert’s Talks e acesse o Instagram @georgerobertstalksoficial 
 
 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalfluminense.com.br/.