14/08/2023 às 14h52min - Atualizada em 15/08/2023 às 00h03min

Movimento Verde Amarelo fará grande festa nos sul-americanos de vôlei, em Recife

Torcida oficial do esporte olímpico brasileiro planejou várias ações de pré-jogo na capital pernambucana e promete uma festa nunca antes vista dentro do Geraldão, durante as competições. Estreia será no sábado, dia 19, contra o Chile.

Manila Comunicação
Divulgação/MVA

O Movimento Verde e Amarelo (MVA), primeira torcida dedicada exclusivamente ao Brasil, reconhecida por inovar nas arquibancadas, vai jogar junto com os craques brasileiros das quadras na disputa do Sul-Americano de vôlei feminino e masculino, disputados a partir desta semana, em Recife. O primeiro compromisso já está marcado para o dia 19, sábado, contra o Chile, quando a seleção feminina, comandada pelo técnico José Roberto Guimarães, entrará em quadra, no Geraldão. E os voleifãs podem ter certeza que o reforço nas arquibancadas será grande, com faixas, bandeira e bateria.

Mas a festa começará antes, com o já famoso esquenta da turma do MVA. No sábado (19.08), a partir das 16h, no lounge da BR Mania, nas proximidades do ginásio, na Av. Mal. Mascarenhas de Morais, 3468. O evento é aberto ao público e de lá o Movimento seguirá em caminhada para o jogo, Brasil x Chile, marcado para às 20h30.

“Estamos promovendo um grande encontro do MVA Nordeste, aproveitando esses grandes eventos em Recife. O esquenta terá banda e toda aquela animação que é característica do Movimento Verde Amarelo. De lá, seguiremos juntos para o Geraldão, para fazer uma festa inesquecível para nossas craques do vôlei. Domingo faremos novamente um esquenta e estaremos presentes em todos os jogos do Brasil”, afirmou Paulinho Machado, coordenador das embaixadas MVA, residente em Recife, que está comandando a ativação local.

Torcida oficial do movimento olímpico e paralímpico brasileiro, o MVA tem acompanhado de perto os atletas brasileiros em diversas competições em 2023, no ano pré-olímpico. O Movimento já marcou presença em competições de Rugby, basquete, futebol, futebol feminino, surfe, skate, vôlei de praia e futebol de cegos.

“Temos um calendário montado até Paris 2024, para tentar estar ao lado dos nossos atletas no maior número de competições possíveis. Desde a nossa criação, temos esse sonho de apoiar todos os esportistas brasileiros, em todas as modalidades. Temos muito orgulho de estar junto do vôlei, o segundo esporte do Brasil, e no Nordeste. Faremos uma festa linda e estaremos juntos com o Brasil na busca do título sul-americano. No feminino e masculino. Pra cima, Brasilzão”, finalizou Luiz Carvalho "Vasco", fundador e diretor executivo do MVA.


Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalfluminense.com.br/.