14/08/2023 às 16h20min - Atualizada em 15/08/2023 às 00h00min

Governo Federal apoia projeto artístico cultural no estado do Pará que não terá a capital como foco

Projeto nascente como o Dança Carajás quebra paradigmas e dá espaço a outras possibilidades artísticas no Norte do país

Sandro Fraga
Redação
divulgação
 

 

 

Em setembro, dos dias 21 a 24, a população do Pará assistirá a um acontecimento sem precedentes na história do estado.

 

O Centro Cultural Parauapebas vai sediar o Dança Carajás, festival de dança que vai selecionar os melhores bailarinos, coreógrafos e companhias de dança de todo o estado. 

 

A abertura do Festival será feita pelo Ateliê Contemporâneo Cia de Dança de São Luiz-MA, com a pré-estreia do espetáculo "Borboletas no Estômago", assinado pelo coreógrafo Fábio Alcântara.

 

A iniciativa que contou com a aprovação da Lei Rouanet vai englobar diversas atividades e estilos de dança em um só espaço. 

 

Do ballet ao hip-hop, os participantes terão a oportunidade de ampliarem seus repertórios artísticos com mesa redonda, workshops e mostra competitiva. Além disso, poderão compartilhar performances inspiradoras, com o objetivo de estimular a expressão criativa. 

 

Será a primeira vez que a capital Belém deixará de sediar um grande evento cultural dando espaço para municípios como Parauapebas elevarem sua representatividade. 

 

O projeto encerrou as inscrições no último domingo (13) e contou com 47 grupos, 258 coreografias e 430 participantes inscritos. 

 

Saiba mais em:

 

Site - https://dancacarajas.com.br/

Instagram - https://www.instagram.com/dancacarajas/


 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalfluminense.com.br/.