28/06/2023 às 20h59min - Atualizada em 29/06/2023 às 00h02min

Especialista aponta os principais cuidados com a pele durante o inverno

Juliana Rampani, especialista em estética avançada e saúde integrativa, comenta sobre os cuidados com o órgão durante as baixas temperaturas

SALA DA NOTÍCIA Dmitry Juan Silva Barreto Goes
Arquivo pessoal

O inverno é o período do ano em que a pele sofre maior impacto. Entre os principais problemas gerados durante a estação estão: o agravamento das dermatites, eczema e o ressecamento provocado pela ausência de transpiração.

 

Para manter o maior órgão do corpo saudável, alguns cuidados são essenciais para que, mesmo durante as baixas temperaturas, as pessoas cumprem suas rotinas normalmente. Segundo Juliana Rampani, especialista em estética avançada e saúde integrativa, algumas ações realizadas durante o dia a dia podem ser fundamentais para manter a pele saudável durante o período de frio.

 

“Aqueles pacientes que já têm uma pré-disposição para crises na pele devem ter os cuidados intensificados no inverno. Entre as práticas indicadas para eles, embora seja simples, está a diminuição do tempo no banho quente, pois a alta temperatura diminui a hidratação do maior órgão do corpo”, explicou a especialista.

 

Um estudo encomendado pela empresa farmacêutica TheraSkin apontou que 86% dos brasileiros sofrem com problemas de pele. A pesquisa ouviu mil pessoas entre 18 e 59 anos, e que a classe C, que representa 78% da população é a que menos procura por tratamentos dermatológicos, problemas que podem ser intensificados com as baixas temperaturas.

 

De acordo com Juliana, a ingestão de água também pode contribuir para que o paciente passe pelo período sem sofrer grandes impactos dermatológicos. “Devido as baixas temperaturas algumas pessoas acabam deixando de se preocupar em beber água, o que acaba contribuindo para que a pele do paciente sofra ainda mais com o inverno; o ideal é manter o consumo sempre, que pode também vir com alimentos que sejam ricos com estas propriedades como, por exemplo, a laranja e a melancia; aliado a isso, o uso correto dos hidratantes também é indispensável”, comentou.

 

Já para os indivíduos que foram submetidos a algum procedimento estético, a Rampani diz que os cuidados com o dia a dia e o uso das substâncias receitas precisam ser respeitados ainda mais. “Aqueles que tiveram um trabalho realizado recentemente devem ter o pós-procedimento mantido à risca. Isso ajudará na recuperação e contribuirá para que os efeitos sejam ainda mais duradouros”, completou ela. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalfluminense.com.br/.