20/06/2023 às 14h35min - Atualizada em 21/06/2023 às 00h01min

Sustentabilidade: MCassab Nutrição e Saúde Animal não utiliza compostos PFAS em suas embalagens

PFAS são “produtos químicos persistentes” porque se acumulam com o tempo na água, no ar, no solo e até no sangue humano, permanecendo por muito tempo

SALA DA NOTÍCIA Fernanda de Souza Martins
A segurança das pessoas, dos animais e do meio ambiente como um todo é levada muito a sério pela MCassab Nutrição e Saúde Animal. Essa atenção é estendida à cadeia de suprimentos, como as embalagens. “100% de nossas embalagens são isentas de PFAS (perfluoroalquil e polifluoroalquil), classe de compostos químicos presentes em uma grande variedade de produtos de consumo para torná-los antiaderentes, impermeáveis e resistentes a manchas. Essa classe de substância é tão persistente que permanece no ambiente e até no corpo humano por muito tempo”, informa Otto Schumacher, diretor da MCassab Nutrição e Saúde Animal. 
 
Segundo as instituições oficiais, como a Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA), há mais de 9.000 PFAS, tornando essa a substância sintética mais fácil de encontrar no mundo.  

 De acordo com a EPA, pessoas podem estar expostas a estas substâncias a partir do contato direto com produtos, pelos alimentos, pelo ar e até pela água potável. De acordo com a agência norte-americana, as PFAS acumulam-se no organismo e são associadas a vários problemas de saúde, incluindo problemas na tireoide, câncer, colesterol alto, obesidade, efeitos no sistema imunológico e maior propensão ao câncer de mama, entre outros. 

“Quando falamos em ser uma empresa melhor para todos não podemos deixar de levar em consideração o planeta em que vivemos e a sociedade na qual estamos inseridos. Acreditarmos no papel de cada um de nós na construção de um mundo melhor e fazemos a nossa parte”, reforça a gerente de marketing Stella Grell. 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalfluminense.com.br/.