20/06/2023 às 12h24min - Atualizada em 20/06/2023 às 16h19min

Meio Ambiente: conheça os parques em SP com áreas de proteção

Em contato com a natureza, visitantes podem realizar trilhas, acampar e conhecer a flora e fauna do estado de SP

SALA DA NOTÍCIA Governo do Estado de São Paulo
https://www.saopaulo.sp.gov.br/ultimas-noticias/meio-ambiente-conheca-os-parques-em-sp-com-areas-de-protecao/
DownloadDivulgação/Fundação Florestal
Parque Estadual Serra do Mar

1º Parque Estadual Serra do Mar 

O Parque Estadual da Serra do Mar é a maior área de proteção integral do litoral brasileiro. Criado em 1977, abrange parte de 23 municípios, constituindo um verdadeiro corredor ecológico, conectando os mais significativos remanescentes da Mata Atlântica do país. A região apresenta ainda características histórico-culturais valiosas, mantidas pelas comunidades tradicionais e também por meio de registros dos diversos momentos da ocupação humana na Serra do Mar.

A contribuição do Parque é clara para a sustentabilidade da vida, especialmente, nos núcleos urbanos localizados em seu entorno. Além da constituição de belezas cênicas e paisagens notáveis, ameniza o clima, oferece a estabilização das encostas dando melhor proteção aos moradores de áreas críticas, propicia espaços para recreação, lazer e visitação pública, entre outros, sendo que os principais componentes são a garantia do suprimento de água qualitativa e quantitativamente, e, por fim, a proteção e a conservação da biodiversidade.

Atualmente, a Unidade de Conservação é dividia em 10 núcleos, sendo eles: Bertioga, Caraguatatuba, Cunha, Curucutu, Itariru, Itutinga-Pilões, Padre Dória, Picinguaba, Santa Virgínia e São Sebastião.

Mais informações em: https://www.ingressosparquespaulistas.com.br/

2º Estação Ecológica Juréia-Itatins 

A Estação Ecológica da Juréia-Itatins caracteriza-se como um dos trechos mais bem protegidos e preservados de Mata Atlântica do Brasil, que possui uma flora e fauna bastante diversificada, com grande número de espécies raras e várias endêmicas regionalmente. Dentre essas espécies, algumas foram catalogadas e registradas pela primeira vez no estado, como o antúrio-da-jureia e a begônia-da-jureia.

O território é banhado por rios que são formados nas serras e morros da estação e que dominam grande parte da planície costeira. As principais bacias formadas são a do Rio Verde, do Una do Prelado e do Guaraú.

A EEJI é um dos últimos locais de São Paulo que abriga praias arenosas, costões rochosos, manguezais, matas de restinga e florestas de baixada, de encosta e de altitude; além de ser também uma das poucas áreas remanescentes a abrigar uma rica e diversificada fauna, com presença de algumas espécies endêmicas e de espécies migratórias.

Mais informações em: https://guiadeareasprotegidas.sp.gov.br/ap/estacao-ecologica-jureia-itatins/

3º Parque Estadual Rio Turvo 

O Parque está localizado nas regiões do Vale do Ribeira e Litoral Sul, abrangendo áreas dos municípios de Barra do Turvo, Cajati e Jacupiranga. A fauna ocorre com a presença de muitas espécies ameaçadas de extinção. Abriga grandes predadores como a harpia e o uiraçu-falso, e mamíferos de grande porte como a onça-pintada, a onça-parda e o muriqui. Ocorre também o papagaio-do-peito-roxo.

A floresta do Parque apresenta variada formação, com fisionomias do domínio da Mata Atlântica: floresta ombrófila densa de diferentes altitudes e floresta ombrófila mista, apresentando-se em alguns locais como vegetação ribeirinha e sobre afloramento de calcário.

Dentre as espécies de maior porte destacam-se a araucária, o guapuruvu, o jequitibá, o cedro, a canela amarela, oimbiruçu, o inhumirim e a bicuíva. Espécies de samambaias arborescentes (xaxins) são abundantes, especialmente nos locais de maior umidade.
O parque é dividido em dois núcleos: Capelinha e Cedro.

Mais informações em: https://rioturvo.ingressosparquespaulistas.com.br/

4º Parque Estadual Carlos Botelho 

O Parque Estadual Carlos Botelho é uma unidade de conservação do bioma Mata Atlântica. Contribuindo para duas bacias hidrográficas, Alto Paranapanema e Vale do Ribeira, está situado entre os municípios de São Miguel Arcanjo, Sete Barras e Capão Bonito.

Abriga florestas ombrófilas densas, em que se destacam espécies como palmito-juçara, canela, jequitibá e figueira, cujo estado de preservação é considerado elevado. Situado na Serra de Paranapiacaba, compõe o Mosaico do Paranapiacaba, um dos maiores contínuos de Mata Atlântica do mundo. A unidade também é reconhecida como “Sítio do Patrimônio Mundial Natural”, pela UNESCO.

Em seu território, se destacam ainda os seguintes espécimes da fauna ameaçados de extinção: onça-pintada, anta, queixada. Possivelmente, o Parque é a única unidade de conservação a abrigar o muriqui-do-sul e o mico-leão-preto, concomitantemente. Um importante destaque do PECB é a Estrada–Parque, que possui a função de conectar o Alto Paranapanema com o Vale do Ribeira.

A UC também é dividida em dois núcleos, sendo: São Miguel Arcanjo e Núcleo Sete Barras.

Mais informações em: https://saomiguelarcanjo.ingressosparquespaulistas.com.br/

5º Parque Estadual Intervales

Criado em 1995, ocupa mais de 40 mil hectares na área núcleo do Contínuo Ecológico de Paranapiacaba. Protege, junto com os parques PETAR, Carlos Botelho, Nascentes do Paranapanema, a EE de Xitué, a APA dos Quilombos do Médio Ribeira e parte da APA da Serra do Mar, o segundo e mais importante corredor ecológico de Mata Atlântica do Estado de São Paulo.

O território foi tombado em 1985 pelo CONDEPHAAT e declarado Reserva da Biosfera da Mata Atlântica em 1991. Em 1999, foi reconhecido pela UNESCO como Sítio do Patrimônio Mundial Natural.

A rica diversidade de espécies faunísticas encontrada no Parque pode ser explicada pelos diferentes estágios de desenvolvimento da vegetação. Mamíferos como a jaguatirica, a onça-pintada e o macaco mono-carvoeiro (maior primata das Américas), animais ameaçados de extinção, ainda são encontrados nas trilhas do parque. Há ainda uma grande diversidade de espécies de anfíbios, aves, répteis, insetos e peixes.

Mais informações em: https://intervales.ingressosparquespaulistas.com.br/

O post Meio Ambiente: conheça os parques em SP com áreas de proteção apareceu primeiro em Governo do Estado de São Paulo.



Fonte: www.saopaulo.sp.gov.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalfluminense.com.br/.