19/06/2023 às 16h07min - Atualizada em 20/06/2023 às 14h57min

Juventude e Movimento Negro serão os temas abordados no quarto encontro do projeto “ADINKRAS – Africanidades e sabedoria ancestral nos tempos atuais

Evento gratuito trará os temas ligados ao Adinkra Akofen ao Centro Cultural São Paulo, no dia 1 de julho

SALA DA NOTÍCIA Patricia Dornelas
@casadobatuque
Divulgação do artista
Juventude e Movimento Negro serão os temas abordados no quarto encontro do projeto “ADINKRAS – Africanidades e sabedoria ancestral  nos tempos atuais
Evento gratuito trará os temas ligados ao Adinkra Akofen ao Centro Cultural São Paulo, no dia 1 de julho
 
No próximo dia 1 de julho, às 19h, o Centro Cultural São Paulo recebe o quarto encontro do projeto “ADINKRAS – Africanidades e sabedoria ancestral nos tempos atuais”. O evento tem o objetivo de promover o diálogo entre estudiosos e o público em geral com temas ligados ao Adinkra Akofen: ação coletiva, luta e prontidão. Na ocasião, haverá uma roda de conversa com a participação de Marcos Agostinho Silva, diretor do MAS Pesquisa de Mercado e integrante do Movimento Negro Unificado, e show do Banto Samba Club.
 
Adinkra Akofen fala sobre ação coletiva, luta e prontidão. Entre os assuntos a serem abordados, durante o encontro, estão a juventude e o movimento negro. Pensando nessas questões e para potencializar vozes, narrativas e histórias, o evento contará com um bate papo falando dessa temática, com a participação do convidado Marcos Agostinho Silva e mediação de Tadeu Kaçula.
 
Além da roda de conversa, o “ADINKRAS – Africanidades e sabedoria ancestral nos tempos atuais” recebe a Banto Samba Club. O grupo reúne músicos, pesquisadores e compositores que estudam a influência dos bantos, povos de ascendência africana, na cultura brasileira. O repertório do show inclui canções de Clara Nunes, Martinho da Vila, Clementina de Jesus e Geraldo Filme. A apresentação conta com a participação do músico Renato Gama.
 
Com periodicidade mensal, o “ADINKRAS” oferece ao público um amplo ciclo de palestras que integram o eixo temático do projeto, onde os ideogramas africanos são o fio condutor. Durante quatro encontros, o evento recebe pesquisadores, escritores, professores e ativistas para reflexões acerca de um Adinkra de referência, apresentado por um dos convidados. O sociólogo Tadeu Kaçula será o mediador desses encontros.
 
Após cada palestra, um músico sobe ao palco e apresenta um show exclusivo, a partir da proposição do símbolo do dia. Dentre as performances musicais, François Muleka & Marissol Mwaba, Luana Bayô canta Elza Soares (participação Ayô Tupinambá), Nega Duda canta Clementina de Jesus, Banto Samba Clube (participação Renato Gama), Samba de Roda Nega Duda (participação especial de Lia de Itamaracá).
 
“Tendo os Adinkras como expressão das contribuições dos conhecimentos africanos para o desenvolvimento da cultura economia e identidade brasileira, o projeto “ADINKRAS – Africanidades e sabedoria ancestral nos tempos atuais” estabelece diálogos entre diferentes linguagens, artistas e pesquisadores da cultura afrobrasileira e africana.”, afirma Cida Gonçalves, idealizadora do projeto.
 
O evento será realizado na Sala Adoniran Barbosa, com todas as atividades gratuitas e acesso livre. Realizado pela Casa do Batuque e idealizado por Cida Gonçalves, publicitária e diretora da produtora, o projeto é marcado pela diversidade de linguagens artísticas e pela participação de artistas e pesquisadores da arte e da cultura negra.
Serviços:
Dia: 01 de julho
Local: CCSP – Centro Cultural São Paulo
Horário: 19h
Gratuito
Link para reservas: https://rvsservicosccsp.byinti.com/#/ticket/
Programação:
ENCONTRO 4 – ADINKRA AKOFEN: AÇÃO COLETIVA, LUTA E PRONTIDÃO.
Tema: Juventude e Movimento negro.
Convidado: Marcos Agostinho Silva – Diretor do MAS Pesquisa de Mercado e integrante do Movimento Negro Unificado.
Música: Banto Samba Club convida Renato Gama
DATA: 01/07/2023 – 19h
LOCAL: Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1.000

SHOW DE ENCERRAMENTO
SAMBA DE RODA NEGA DUDA - participação especial de LIA DE ITAMARACÁ
Adinkra Gye nyame que simboliza a supremacia e imortalidade de Deus
Data: 26/08/2023
Horário: 19h
 Local: CCSP 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalfluminense.com.br/.