30/03/2023 às 11h44min - Atualizada em 31/03/2023 às 00h04min

Pantanal Trading bate recorde de exportação para os Emirados Árabes

Empresa já computa 1289 sacas de 60 quilos de café exportados para aquele país. Só essa semana foram 320 sacas de 60 quilos cada de café especial de microlote e nanolote

SALA DA NOTÍCIA Uirá Banheza
Divulgação
Apesar de ter os países árabes como terceiro maior parceiro comercial, o Brasil tem potencial para explorar novos mercados nesta região, defende o presidente da Pantanal Trading, Alan Fernandes, que vai fechar o trimestre com 1289 sacas de 60 quilos de café verde exportados para os Emirados, o que representa um volume de mais de USS 666 mil. Essa semana, inclusive, ele fará uma exportação recorde de 320 sacas de 60 quilos cada de café especial de microlote e nanolote e sinaliza que o próximo trimestre deverá ser ainda mais lucrativo.

Atualmente, os principais produtos de exportação por parte do Brasil para a península arábica são as carnes, o minério de ferro, os derivados sucroalcooleiros, os cereais e a soja. Os envios para os países árabes só perdem para a China e os Estados Unidos.

Visto como essencial para o país desértico, o agronegócio brasileiro tem espaço para crescer. “Os Emirados são uma região onde a segurança alimentar é uma preocupação muito grande. Os Emirados são um país que importa mais de 80% do que consome, em termos de alimentos e bebidas, é aí onde o Brasil se posiciona melhor, como parceiro estratégico. E o café definitivamente está caindo no gosto da população”, explica o presidente da Pantanal Trading.

Os Emirados Árabes Unidos, onde estão localizados Dubai e Abu Dhabi, transformaram-se, nas últimas décadas, em um dos maiores centros comerciais mundiais devido à larga infraestrutura marítima na região do Golfo Pérsico e terminais aéreos para carga.

O mercado árabe responde atualmente por 1,8% das exportações brasileiras de café, segundo dados do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé). De acordo com um relatório do setor de Registro e Licenciamento de Empresas do Departamento de Economia e Turismo de Dubai, atualmente, são mais de 615 empresas de comércio de café em Dubai. O número representa um aumento de 148% nas licenças emitidas desde 2021.

De olho nesse mercado a Pantanal Trading consolida a sua parceria com a distribuidora TOR Coffee, responsável por representar os produtores de café da região de Matas de Minas, bem como amplia a sua atuação junto a Câmara de Comércio Brasil – Emirados. "Eu fico muito feliz e tenho muito orgulho da Pantanal pela forma que eles pensam fora da caixa e não tem medo de desbravar o mundo árabe. Inclusive, eu estou vendo que eles estão com movimentos em relação a Omã, Arábia Saudita, entre outros países", comenta Rafael Solimeo, Chefe dos Escritórios internacionais da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira , completando: "O Alan tem essa paixão e missão de conectar o Brasil com o Mundo Árabe, e, sem dúvida, essa exportação fortalece ainda mais os laços entre os dois países".

A Pantanal Trading foi criada em 2021 e é a primeira empresa brasileira especializada em pequenas e médias organizações do país para facilitar a exportação e importação nos Emirados Árabes Unidos. O conglomerado possui um depósito de estocagem de produtos de 15 mil metros quadrados, em Dubai, e outros dois do mesmo tamanho em Ras al-Khaimah, que fica nos arredores da capital. Com múltiplas licenças, além de exportar e importar, a empresa está habilitada para distribuir e revender mercadorias brasileiras no Oriente Médio.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalfluminense.com.br/.