Morre homem vítima de explosão durante passeio de lancha em Cabo Frio (RJ)

2 leitura mínima
Morre homem vítima de explosão durante passeio de lancha em Cabo Frio (RJ)

Morreu neste domingo (23) Aleksandro Leão Vieira, de 36 anos, segunda vítima da explosão em uma lancha em Cabo Frio, ocorrida na tarde de segunda-feira (17).  A informação foi divulgada pelo Hospital Estadual Roberto Chabo.

A primeira vítima Davi Freire Zerbone, de 4 anos, morreu no final da tarde da última sexta-feira (21).

A lancha, que levava turistas de Vitória, no Espírito Santo, explodiu na tarde da segunda-feira (17) no mar em Cabo Frio, perto da Ilha do Japonês, deixando dez turistas feridos.

Segundo o Hospital Estadual Alberto Torres, onde estão internados os demais turistas, é estável o estado de saúde de Ana Livia Pimentel, de 5 anos; Nayara Tauslane Andrade, de 22 anos; e Caroline Pimentel, de 28 anos. O estado de saúde de Jean Andrade, de 1 ano e 5 meses, é considerado grave.

Já a paciente Leticia Sampaio, de 26 anos, foi transferida para uma unidade hospitalar no Espírito Santo.

Foi o terceiro acidente com lanchas em Cabo Frio nos últimos 37 dias.

Outras explosões

No dia 10 de maio deste ano, seis pessoas ficaram feridas quando a lancha em que estavam explodiu entre o Canal do Itajuru e a Ilha do Japonês, em Cabo Frio.

A lancha, que levava turistas da cidade Itaguara, em Minas Gerais, teve o motor desligado e, após algumas tentativas de religação, explodiu. Das seis vítimas, três eram crianças e uma delas permanece internada até agora, por causa das queimaduras.

Uma semana depois, no dia 17, uma lancha pegou fogo perto da Ilha do Papagaio, também em Cabo Frio. Os cinco adultos que estavam na embarcação se jogaram no mar e escaparam ilesos.

Este conteúdo foi criado originalmente em Agência Brasil.

versão original