Gripe é a doença respiratória mais pesquisada no inverno; veja como se proteger

2 leitura mínima
Gripe é a doença respiratória mais pesquisada no inverno; veja como se proteger

O termo “gripe” é o mais buscado na internet entre as doenças respiratórias mais comuns no inverno, segundo levantamento feito pela CNN no Google Trends. Em comparação com “resfriado”, “sinusite”, “rinite” e “Covid-19”, a gripe lidera as buscas principalmente a partir de fevereiro, com a aproximação do fim do verão e a chegada do outono, e tem seu ápice no mês de maio.

O levantamento comparou os termos de pesquisa nos últimos dois anos. Em alguns pontos, as buscas por “sinusite” chegaram a superar as buscas por “gripe“, como no período entre 15 e 21 de janeiro de 2023, e de 30 de julho a 5 de agosto do mesmo ano. No restante do período analisado, “gripe” seguiu na liderança de buscas. Veja o gráfico abaixo:

As regiões onde “gripe” foi mais buscada são Piauí (61%), Tocantins (57%), Roraima (57%), Maranhão (56%) e Acre (55%). Entre as principais pesquisas relacionadas ao termo, estão “vacina da gripe“, “gripe sintomas” e “remédio gripe”. Veja a seguir:

Levantamento feito no Google Trends mostra as principais regiões que buscam pelo termo “gripe” e as principais pesquisas relacionadas, entre julho de 2022 e julho de 2024 / Google Trends/Reprodução

O inverno aumenta o risco de doenças respiratórias porque as temperaturas mais baixas favorecem a disseminação dos vírus causadores de infecções como gripe, resfriado e Covid-19. Além disso, é comum as pessoas ficarem confinadas em ambientes fechados e sem ventilação devido ao frio, o que aumenta o risco de transmissão dessas doenças.

Segundo especialistas consultados pela CNN, alguns cuidados são essenciais para reduzir as chances de contaminação e agravamento das doenças respiratórias, como:

  • Manter os ambientes ventilados;
  • Reforçar a higiene das mãos;
  • Manter o corpo hidratado;
  • Evitar choques térmicos;
  • Manter um sono de qualidade;
  • Controlar o estresse;
  • Manter uma alimentação equilibrada;
  • Manter a vacinação em dia, principalmente contra influenza (vírus da gripe) e Covid-19.

Saiba como diferenciar os sintomas da gripe e da Covid-19