Biden reúne família para sessão de fotos em meio a críticas após debate

3 leitura mínima
Biden reúne família para sessão de fotos em meio a críticas após debate

O presidente Joe Biden será acompanhado pela família em Camp David, em Maryland, no domingo para uma sessão de fotos planejada há muito tempo, disseram várias fontes à CNN. O compromisso acontecerá após um fraco desempenho no Debate da CNN contra o ex-presidente Donald Trump, que jogou a campanha democrata em uma turbulência e desencadeou pânico generalizado entre os democratas.

Embora se espere que a família discuta os acontecimentos da semana passada, vários conselheiros seniores insistiram à CNN no sábado (29) que a reunião não tinha como objetivo discutir se o presidente permaneceria na disputa – mesmo quando ele enfrenta imensa pressão de alguns para desistir. Publicamente, a Casa Branca e os assessores de campanha – e o próprio presidente – têm afirmado desde o debate de quinta-feira que não há dúvidas de que Biden permanecerá na corrida.

“Nada do que ouvi da Casa Branca e de funcionários de campanha hoje me faz pensar que eles estão considerando outra coisa senão continuar a fazer campanha forte”, disse o senador de Delaware Chris Coons, copresidente da campanha de Biden e amigo de longa data do presidente.

Ainda assim, é sabido que a família de Biden, mais do que os seus conselheiros mais próximos, detém uma influência significativa nas decisões relativas ao futuro político do presidente. Apesar de os conselheiros seniores de Biden terem sublinhado que a reunião do fim de semana não se destinava a discutir se Biden procurará um segundo mandato, nada impediria a família de, em última análise, ter tais conversas em privado.

A família deverá ser fotografada pela renomada fotógrafa Annie Leibovitz, disse um alto funcionário de Biden à CNN. A expectativa é que os filhos e netos de Biden estejam presentes no retiro presidencial, disse outra fonte familiarizada com o encontro.

A mesma fonte disse que o compromisso estava planejado desde março. Outro alto funcionário de Biden disse após o debate que o presidente não vacilou e acredita que é o melhor candidato para derrotar Donald Trump em novembro.

Um outro funcionário de Biden disse aos repórteres que viajavam com o presidente sobre a viagem a Camp David: “Isso era público em nossa orientação antes do debate. Está na programação há semanas. Não há mais nada nisso.”

“Lutar mais forte”

Em um evento de arrecadação para campanha em Nova Jersey no sábado (29), Biden procurou tranquilizar os doadores dizendo que lutará “mais duramente” na campanha.

“Não foi o meu melhor debate de sempre, como Barack destacou”, disse Biden, de acordo com repórteres que viajaram com o presidente, acrescentando que compreende as preocupações sobre a sua candidatura após o desempenho no debate de quinta-feira.

“Entendi”, disse Biden. “Não tive uma ótima noite. Mas vou lutar mais”

Com informações da Reuters.